Buscar

A Liberdade nossa de cada dia



Liberdade é o homem poder realizar-se como ser criado, como criatura. É poder viver plena e harmoniosamente com o seu semelhante, porém, a cada dia há decisões que devem ser tomadas. Estas decisões estão relacionadas com o nosso direito de escolha, mediante o que entendemos ser à nossa liberdade e são estas decisões, que conduzem, ou não, as atitudes que realizamos.

A liberdade é muito mais do que tomar e fazer tudo aquilo que se deseja, é antes um processo de realização, onde o ser humano caminha para tornar-se no que ele realmente deve ser.

O Homem é chamado para ser livre (Gal 5.1), porém esta liberdade deve ser vivida todos os dias, dentro das decisões que são tomadas, pois utilizando mal o direito de escolha, a sua liberdade torna-se em escravidão. O apóstolo Paulo, apesar de preso, sentia-se livre, pois a sua liberdade não se constituía em argumentos para realizar isto ou aquilo, mas para estar livre de determinadas coisas que o cercavam, rodeavam e estavam inseridas no seu próprio “Eu”, estas constituíam-se como as mais difíceis de se libertar, pois eram e são, inerentes ao ser humano.


Na luta de exercer a sua liberdade a cada dia, o homem tem de tomar muitas decisões, fazer escolhas que determinarão se a sua, escolha o liberta ou o aprisiona dentro do seu próprio egoísmo que provem ao mau uso do direito de escolha. Liberdade não é uma utopia, muito menos teoria, ela é real e deve ser vivida na sua integralidade. Cada vez que o homem faz escolhas certas, liberta-se de si mesmo e realiza ações que contribuem para a melhoria e o bem da humanidade, deste modo ele está fazendo bom uso da sua liberdade.

O ser humano foi criado para ser livre, mas como fez mau uso do seu direito de escolha, tornou-se escravo do pecado e de si mesmo, vivendo um egoísmo indómito, porém quando se encontra com Jesus, é liberto do pecado, podendo a cada dia exercitar a sua liberdade, abandonando as coisas que o prejudicavam e eram vividas devido ao seu egoísmo.

O homem foi criado para a liberdade, mas deve exercitá-la em atitudes que busquem a melhoria do ser humano (Ef. 2.10). Hoje vivemos no mundo das escolhas. Somos levados pelo egoísmo a tomar decisões que mostram a nossa escravidão e o quanto confundimos liberdade com livre-arbítrio.

O homem tem vivido teoricamente. Cria conceitos, ideias escapistas, que não mostram, nem refletem que ele é livre, pelo contrário, demonstram que é escravo de si mesmo e das suas más decisões.


A liberdade que devemos exercer a cada novo dia, traz consigo a responsabilidade de nos esquecermos das coisas que para trás ficam, e caminharmos para o prêmio da soberana vocação em Cristo (Fp. 3.14). É morrer para si mesmo, sair do seu mundinho e ter uma visão social e global correta onde a teoria deve ser vivida na prática.


#liberdade #vida

63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Negue-se