Buscar

A mensagem




O momento geopolítico europeu é de muita tensão e apreensão, pois vive-se um momento delicado onde paira o fantasma de uma guerra iminente. Consequentemente, vemos que as nações se movimentam, esforçando-se para que tal não aconteça e, por isso, a diplomacia dos países está atuando arduamente. O conflito entre Rússia e Estados Unidos e que envolve a Ucrânia, faz com que o mundo esteja alerta e que líderes se desloquem numa tentativa de um acordo de paz. Nesse sentido, há mensagens que são enviadas afirmando quais seriam as consequências para a Rússia, caso invadisse a Ucrânia, como pregam os Estados Unidos. Quando lemos as Escrituras, encontramos a intervenção de Deus na história e percebemos que Ele concede uma nova oportunidade ao profeta Jonas, comissionando-o para que levasse a mensagem ao povo de Nínive. O Senhor é o Deus das segundas oportunidades e Ele falou ao profeta assim:


Depois disso, o Senhor falou com Jonas pela segunda vez: “Apronte-se, vá à grande cidade de Nínive e transmita a mensagem que eu lhe dei”. Dessa vez, Jonas obedeceu à ordem do Senhor e foi a Nínive, uma cidade tão grande que eram necessários três dias para percorrê-la inteira. No dia em que Jonas entrou na cidade, proclamou às multidões: "Daqui a quarenta dias Nínive será destruída!(Jn 3.1-4). 

Quais são as lições que aprendemos com esse texto?


O texto ensina que é preciso obediência para proclamar a mensagem do Senhor. O texto mostra que Deus falou com Jonas outra vez e, dessa vez, o profeta obedeceu. Ele não fugiu mais, não exitou e aprontou-se para cumprir a missão que lhe foi dada. O profeta foi até a cidade de Nínive e proclamou a mensagem do Senhor.


Aprendemos também que é preciso estar preparado para levar a mensagem do Senhor. O texto afirma que Deus mandou Jonas aprontar-se para ir anunciar a mensagem na cidade de Nínive. Portanto, devemos entender que não se deve anunciar a mensagem de qualquer maneira, pois ela deve ser proclamada como o Senhor determina e da forma que Ele falou.

Por último, o texto ensina que devemos proclamar somente o que o Senhor determinou. Jonas percorreu a cidade, foi cumprir a sua missão que era proclamar a mensagem do Senhor. Portanto, o desafio que temos é tão somente de apresentar a mensagem que nos foi confiada, sem acréscimos. É preciso seguir proclamando e declarando a mensagem do Senhor.

A geopolítica europeia aponta para uma guerra iminente, onde milhares de pessoas podem perder as suas vidas. Diplomatas e líderes agem e levam mensagens numa tentativa de evitar que tal aconteça e, da mesma maneira, Deus enviou o seu profeta com uma mensagem específica para que as vidas fossem salvas, pois ele não deseja a destruição e morte de ninguém. É preciso compreender que a mensagem é sempre de salvação e nunca de destruição.

104 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo