Buscar

A pesca



Jesus ressuscitou! Os discípulos estavam alegres, mas é preciso dar continuidade à vida. Os galileus, que eram pescadores decidem regressar à faina. Eles dão ouvidos à voz de Simão Pedro, mas deixemos que o texto fale por si:


Depois disso, Jesus apareceu novamente a seus discípulos junto ao mar de Tiberíades. Foi assim que aconteceu: estavam ali Simão Pedro, Tomé, apelidado de Gêmeo, Natanael, de Caná da Galileia, os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos. Simão Pedro disse: “Vou pescar”. “Nós também vamos”, disseram os outros. Assim, entraram no barco e foram, mas não pegaram coisa alguma a noite toda. Ao amanhecer, Jesus estava na praia, mas os discípulos não o reconheceram. Ele perguntou: “Filhos, por acaso vocês têm peixe para comer?”. “Não”, responderam eles. Então ele disse: “Lancem a rede para o lado direito do barco e pegarão”. Fizeram assim e não conseguiam recolher a rede, de tão cheia de peixes que estava. O discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: “É o Senhor!”. Quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, vestiu a capa, pois a havia removido para trabalhar, e saltou na água. Os outros ficaram no barco e puxaram até a praia a rede carregada, pois estavam a apenas uns noventa metros de distância. Quando chegaram, encontraram um braseiro, no qual havia um peixe, e pão. Jesus disse: “Tragam alguns dos peixes que vocês acabaram de pegar”. Simão Pedro entrou no barco e arrastou a rede para a praia. Havia 153 peixes grandes e, no entanto, a rede não arrebentou. “Venham comer!”, disse Jesus. Nenhum dos discípulos tinha coragem de perguntar: “Quem é você?”, pois sabiam muito bem que era o Senhor. Então Jesus lhes serviu o pão e o peixe. Foi a terceira vez que Jesus apareceu a seus discípulos depois de ressuscitar dos mortos” (Jo 21.1-14).

Esse texto apresenta-nos pescadores experientes, que passaram a noite toda tentando apanhar peixes. Pela manhã, quando já não tinham mais expectativas o Senhor aparece e tudo muda. Quais são as lições que esse texto apresenta?

A primeira lição que encontramos aqui é a da obediência. Aqueles homens viviam da pesca, passaram a noite inteira sem apanhar um peixe sequer. Amanhecia, eles estavam cansados frustrados, mas eis que alguém fala com eles e diz para que lancem novamente a rede para o lado direito do barco e sem questionamentos eles lançam-na. O resultado da obediência foi uma pesca surpreendente.

Não importa o quão profissional a pessoa seja. É essencial obedecer à voz do Mestre pois Ele sabe de todas as coisas.

A segunda lição que o texto nos apresenta é a do cuidado de Jesus. O Senhor perguntou se eles tinham algo para comer. Ele sabia da fadiga dos discípulos. Eles dizem que não tinham nada e por isso, Jesus diz-lhes para lançarem a rede novamente e eles apanham 153 grandes peixes. É o cuidado providencial de Deus.

Na praia os discípulos se deparam com um braseiro, peixe e pão e escutam o chamado do Senhor para comer. Jesus cuida de todas as necessidades dos seus. Ele provê o pão nosso de cada dia.

A terceira lição que o texto ensina é a do serviço. Jesus, o Senhor dos senhores e o Rei dos reis, serve aos seus discípulos. Jesus é o anfitrião, convida-nos para participar de sua mesa e ainda nos serve. O Senhor mostra que os seus discípulos, aqueles que desejam segui-lo devem estar dispostos a servir os demais.

Jesus disse que é preciso aprender dele, que é manso e humilde de coração (Mt 11.28). Ao servir os discípulos, o Senhor mostra que seu ensino é verdadeiro. O Rei dos reis é humilde e não tem pejo de servir aos seus.

A pesca foi maravilhosa. Eles conseguiram 153 grandes peixes, mas melhor que a pesca foi o peixe que o Senhor providenciou.

#Jesus #ressuscitou #pesca

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo