Buscar

Ajuda-nos



A oração do Pai-nosso é um grande desafio. Ela trata de todas às áreas de nossas vidas e é por isso, que o Senhor Jesus diz aos seus discípulos: “Vocês, orem assim: Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém” (Mt 6.9-13).

É interessante perceber que essas duas frases de Jesus: “não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal”, surgem como um pedido de ajuda ao Pai, são pedidos pela proteção e livramento que somente o Pai pode dar. O Senhor Jesus ensina que devemos fazer essas petições e declara que devemos clamar pela ajuda do Pai, mas quais são as lições aprendemos com tais pedidos?

A primeira lição que precisamos aprender é que a tentação é real. O Senhor Jesus nos diz que devemos ter consciência que ela é uma realidade existencial e que, se assim é, precisamos entender o perigo que a mesma representa. Além do mais, precisamos ter consciência de que a queda é uma realidade e sendo assim, estamos caminhando à beira do precipício e, se estamos vivendo na eminência da queda é preciso ter muito cuidado, estar vigilantes e sempre pedindo que o Pai nos proteja e nos segure para que não venhamos a cair.

A segunda lição, conscientiza-nos que temos um inimigo hostil. Devemos entender que as forças espirituais do mal são reais e não apenas enredo de séries e filmes. O maligno é real e atuante nesse mundo e, portanto, devemos pedir para que o Pai nos livre das forças hostis do maligno. Jesus deixa claro que existem forças hostis, maléficas que agem buscando a destruição do ser humano e essas forças vem de encontro ao ser humano, tentando destruí-lo. O pedido de Jesus vai muito além do mal moral e mostra que há seres malévolos que atuam desejando a destruição dos seres humanos e a única maneira de não sermos destruídos é clamando pela proteção do Pai.


A terceira lição fala da nossa incapacidade de resistência. O Senhor Jesus deixa bem claro que somos incapazes de resistir às tentações e ao poder do maligno com as nossas próprias forças e, por isso, precisamos clamar ao Pai por ajuda, devemos suplicar que Ele que é o Soberano nos guarde em Si e para Si, protegendo-nos dos ataques do maligno, mas também, concedendo-nos forças para resistir às tentações que surgem e que muitas vezes, nós próprios nos deixamos seduzir e caminhamos para elas. Devemos reconhecer à nossa fragilidade e que somos completamente frágeis e só poderemos resistir se o Pai nos guardar e salvar.

O Senhor diz que devemos pedir que o Pai nos ajude, mostra-nos que a única maneira que temos de não sucumbirmos, é abrigando-nos nos braços do Pai, dizendo: Ajuda-nos.


#oração #painosso

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo