Buscar

É tempo de glorificar ao Senhor



Vivemos os dias do culto pessoal. Cada vez mais as pessoas estão buscando a satisfação própria e a sua glorificação. Hoje os homens buscam as clínicas para cuidar de sua imagem e aparência pessoal. Num mundo assim é muito fácil perdemos a visão correta da existência da igreja. Numa sociedade assim, torna-se muito fácil as pessoas fazerem as coisas para sua própria glorificação e não a de Deus. Precisamos ouvir a advertência bíblica: "Estes são os escolhidos em vossos ágapes, quando se banqueteiam convosco, pastores que se apascentam a si mesmos sem temor; são nuvens sem água, levadas pelos ventos; são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas" (Jd 12). Quantos de nós estamos buscando apascentar as nossas próprias vidas e não ao próximo e muito menos buscando a glória do Senhor?

Glorificar ao Senhor significa anular-se. É dizer como João o Baptista: "É necessário que Ele cresça e eu diminua" (Jo 3.30). Estamos dispostos a anular nossas próprias vidas para que Cristo seja engrandecido em nós? Devemos sempre lembrar que o símbolo do cristianismo é uma cruz. A cruz antes de mais nada, significa morte. Quem deseja seguir a Jesus deve estar disposto a morrer a cada dia para que toda glória seja dada a Jesus. Necessitamos da coragem do apóstolo Paulo que afirmou: "Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo" (Gl 6.14), É esta a nossa disposição?

Devemos ser sinceros e fazer a seguinte pergunta: "O que estou fazendo é para glória de Deus-ou para minha exaltação?" Se a resposta for para a nossa própria exaltação devemos nos arrepender e confessar o nosso pecado ao Senhor que é fiel e justo para nos perdoar (1 Jo 1.9). Quando realizamos missões, devemos entender que esta, é parte da adoração, mas não é a essência da igreja. Muitas vezes ficamos por demais preocupados falando que precisamos evangelizar e nos esquecemos de falar que devemos glorificar ao Senhor. Precisamos lembrar que no céu não haverá evangelização, mas sim adoração. Portanto, comecemos com a adoração sincera ao Senhor, de forma integral, pois quem adora e dedica toda glória ao Senhor, evangeliza e permite que o mundo veja a glória do Senhor sendo refletida através da igreja.


Glorificar a Deus. Eis o nosso desafio. Não é fácil em um mundo que busca os seus próprios interesses. Contudo, devemos lembrar que a Bíblia afirma que não podemos nos conformar com este mundo (Rm 12.2). Devemos lutar contra esta corrente que tenta nos acomodar e levar à busca da glorificação própria. O nosso desafio é exaltar o Senhor em todas as circunstâncias da vida, afirmando como Judas: "ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém" (Jd 1:25).


#vida #refletir

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aprenda