Buscar

Fique em casa



Seguimos fechados, confinados e desejando ardentemente ir para rua. O ser humano tem a capacidade da insatisfação. É um ser muito estranho, reclama por não ter tempo para estar em casa, mas quando fica em casa, reclama que deseja ir para rua e trabalhar e não se dá conta que vai retornar para a rotina louca de ficar longe daqueles que tanto ama.


Estamos vivendo um tempo único. Contudo, este tempo tornou-se um desafio para cada um de nós. É o desafio da paciência, pois precisamos esperar em casa que este duro momento passe e enquanto isto, temos a oportunidade de conviver e viver os melhores dias do reencontro com a família, pois agora temos todo tempo para ela. Sim, é tempo de criatividade, fazer coisas juntos, almoçar e jantar de maneira improvisada, mas criativa. É um novo tempo e um tempo de descobertas, tempo de novas aventuras e de muita criatividade.


Estamos em casa e por estarmos em casa podemos redescobrir livros, músicas, desenvolver alguns projetos engavetados e simplesmente dar andamento aos mesmos. Este é um tempo para reflexão, mas também para deixar sair o melhor de nós. Confinados podemos descobrir o quando dependemos um do outro, como somos co-dependentes e que as coisas são apenas coisas e assim, poderemos valorizar aqueles que não podemos estar juntos, abraçar, beijar. Portanto, este momento mostra-nos que precisamos mais de pessoas do que coisas e espero que, depois que este passar, possamos valorizar o ser e não o ter.


Precisamos entender que vivemos um momento delicado. Um momento perigoso e estamos sendo avisados sobre o mesmo. Cada dia as notícias anunciam o que vai acontecendo ao redor do globo. A cada dia chega-nos a notícia de quantos óbitos os países estão enfrentando por causa deste vírus terrível que tem ceifado tantas vidas.

É preciso ficar fechado em casa. Refugiados e protegidos. Este é um tempo especial e todos estão anunciando que é preciso ficar em casa. Se somos avisados e nos é dito que a situação é grave, nada nos resta a não ser ficar em casa. A própria Escritura nos adverte: “A pessoa sensata vê o perigo e se esconde; mas a insensata vai em frente e acaba mal.” (Pv 22.3). Esconda-se, proteja-se dentro de casa. Uma outra versão diz que o prudente quando vê o perigo busca refúgio. Sendo assim, refugie-se e não se exponha.

Este é o momento de permanecer em casa. Refugiados, protegidos e desfrutando da companhia daqueles que amamos.


Lembre-se: Fique em casa!


#vida #confinamento #fiqueemcasa

77 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Negue-se