top of page
Buscar

Hoje estarás comigo no paraíso



O Senhor Jesus, quando estava crucificado, depois de ter sido zombado e tripudiado pelos dois mal feitores que estavam crucificados juntamente com Ele, ouviu um deles suplicando por misericórdia, pedindo para que o Senhor lembrasse dele quando viesse em seu reino e então, o Senhor fez a seguinte declaração: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23.43). Esta é a segunda declaração de Jesus e ela surge em resposta ao pedido do mal feitor que se arrependeu. A primeira declaração foi dirigida ao Pai e esta é dirigida a um homem em súplica que se arrependeu dos seus atos e recebeu a certeza da vida ao lado de Jesus.

É interessante que este homem não fez nada por merecer a salvação, porém, no momento final de sua vida entendeu que somente Jesus poderia conceder-lhe misericórdia e o perdão. Essa segunda declaração de Jesus é muito importante e precisa ser analisada com muito cuidado por nós. Sendo assim, qual o significado da afirmação de Jesus: “ Hoje estarás comigo no paraíso”?

Jesus nos ensina que o seu tempo é sempre no presente. Encontramos um pedido voltado para o futuro: “Lembra-te de mim quando vieres no teu reino” e a resposta é no presente, no aqui e agora. O Mestre diz que é hoje, pois Deus é Deus do presente. O salmista afirma: “Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração” (Sl 95.7-8). A Palavra e o convite de Jesus é para hoje e não para o futuro.

Jesus inicia o seu ministério de pregação afirmando a chegada do seu reino. Sua mensagem era simples e profunda: “Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos céus. (Mt. 4.17). Todo aquele que se arrepende passa a fazer parte do Reino de Deus. É cidadão do Reino dos céus. Paulo afirma que nós somos a morada de Deus. Deus habita em nós (1 Cor.6.19). Deus reina nas nossas vidas e portanto devemos glorificar a Deus em nossos corpos (1 Cor.6.20).

A transformação que Jesus deseja fazer é agora. Ele não quer que abandonemos os nossos vícios e erros para depois virmos até Ele. O convite que Ele faz é o seguinte: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve” (Mt 11.28-30). Este é o convite de Jesus. É um convite para ser aceito hoje e não amanhã, pois o amanhã não chegará.

Jesus declara que a morte não tem a última palavra hoje. O Senhor Jesus diz para aquele homem que, naquele mesmo dia eles desfrutariam do paraíso. O termo paraíso (gr paradeisos) aparece três vezes no Novo Testamento. Lc. 23.43, 2Cor. 12.4 e Ap. 2.7. Portanto, o que é o paraíso? É um lugar para onde a pessoa que aceita Jesus vai e aguarda a sua volta? O termo paraíso mostra que o salvo após a morte passa a desfrutar da presença de Deus porque céu e paraíso são palavras usadas para mostrar a presença de Deus. São termos que se referem ao mesmo lugar (2 Cor. 12.2,4). Portanto ao afirma que o ladrão estaria com Ele no paraíso, Jesus está afirmando que o ladrão estaria desfrutando da sua companhia no céu. Jesus está garantindo a felicidade a este homem.

A afirmação de Jesus “comigo no paraíso” garante que a morte não é o fim, pois o Senhor concedeu vida aquele malfeitor, que não fez nada de bom. Suas obras não podiam salvá-lo, mas ali na cruz, reconhecendo que merecia a morte, viu ao seu lado Aquele que tem a solução para o dilema existencial da humanidade e, por isso, clamou a Jesus e teve como resposta: “Hoje estarás comigo no paraíso”. Jesus não recusa os que a Ele se dirigem. Ele mesmo disse: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora” (Jo.6.36).

Jesus está pronto para dizer-te: Hoje estarás comigo no paraíso.


#Jesus #cruz #paraíso

99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page