Buscar

Livres para seguir o Mestre



Toda pessoa que aceita caminhar com Cristo deve estar ciente de que aceitou o mais magnífico projeto de vida, como também assume a realidade de correr riscos. Edith Eger afirma que: “Correr riscos não significa atirarmo-nos cegamente para o meio do perigo, mas significa aceitar os nossos medos, para não ficarmos aprisionados por eles”. Jesus, quando nos desafia a caminhar com Ele, nos chama para rompermos com os nossos medos e nos concede sentido de vida, direcionando-nos na jornada e ensinando tudo o que devemos fazer. Isso fica patente na seguinte narrativa de Lucas:


“Pouco tempo depois, Jesus começou a percorrer as cidades e os povoados vizinhos, anunciando as boas-novas a respeito do reino de Deus. Iam com ele os Doze e também algumas mulheres que tinham sido curadas de espíritos impuros e enfermidades. Entre elas estavam Maria Madalena, de quem ele havia expulsado sete demônios; Joana, esposa de Cuza, administrador de Herodes; Susana, e muitas outras que contribuíam com seus próprios recursos para o sustento de Jesus e seus discípulos” (Lc 8.1-3). 

O que esse texto nos ensina?


A primeira lição é que quem caminha com Cristo prega o evangelho. Portanto, a caminhada com Cristo se faz na proclamação de um édito real que faz com que todos entendam que chegou o Salvador. Nesse sentido, a boa nova declara que Jesus é o Rei dos reis e que seu reino não tem nada com os sistemas políticos terrenos.

A segunda lição é que quem caminha com Cristo aprende a depender do Senhor. Quando afirmamos que Cristo é o Senhor queremos dizer que Ele é o soberano e, sendo Ele soberano, cabe-nos obedecê-lo e depender dele. Seguir a Cristo é ir por onde Ele for e também deter-se onde Ele para, observando que tudo isso acontece porque o discípulo aprende com o seu Mestre e depende d’Ele.


A terceira lição que o texto ensina é que quem caminha com Cristo está livre das garras do mal. Todo aquele que segue a Jesus está liberto das forças opressoras do mal, mas também está liberto de si mesmo e, por isso, pode seguir ao Mestre sem medo, pois o seu chamado é para que possamos desfrutar da paz e da reconciliação com Deus e com o próximo.

Por último, quem caminha com Cristo aprende a ser generoso. O texto fala das mulheres que serviam ao Mestre com os seus bens. Quem serve ao Mestre cuida do seu próximo, pois os discípulos se beneficiavam da contribuição daquelas mulheres. Aquelas mulheres ensinam que quem segue a Jesus torna-se uma pessoa generosa e o ter deixa de ser prioridade na vida.

Aquele que segue a Jesus é livre, mas a caminhada é feita em obediência ao Mestre e proclamando a mensagem d’Ele. Além disso, aquele que decidiu caminhar com o Mestre deve ser uma pessoa generosa, que se doa aos outros e também apoia à causa do Mestre com seus bens. És realmente um seguidor de Cristo?

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Negue-se