Buscar

O caminho da grandeza



O ser humano deseja ser reconhecido e notado, assim como ter o controle de todas as coisas e dominar os outros. Portanto, há uma sede constante de poder e de domínio, algo que pode ser visto desde cedo, no processo formativo e educativo dos filhos. Os pais, responsáveis pela educação dos filhos, os orientam sobre serem alguém na vida, pensamento esse que encaminha a pessoa para a necessidade de que seja conhecida pelos títulos que têm e por aquilo que é. Entretanto, o Senhor Jesus afirma que o caminho da grandeza é o oposto, pois todo aquele que deseja ser grande deve seguir pelo caminho do serviço. Portanto, isso fica muito claro no texto do evangelho de Marcos que diz:


Ao deixarem aquela região, viajaram pela Galileia. Jesus não queria que ninguém soubesse que ele estava lá, pois queria ensinar a seus discípulos. Ele lhes dizia:O Filho do Homem será traído e entregue em mãos humanas. Será morto, mas três dias depois ressuscitará”. Eles, porém, não entendiam essas coisas e tinham medo de lhe perguntar. Depois que chegaram a Cafarnaum e se acomodaram numa casa, Jesus perguntou a seus discípulos: “Sobre o que vocês discutiam no caminho?. Eles não responderam, pois tinham discutido sobre qual deles era o maior. Jesus se sentou, chamou os Doze e disse: “Quem quiser ser o primeiro, que se torne o último e seja servo de todos”. Então colocou uma criança no meio deles, tomou-a nos braços e disse: “Quem recebe uma criança pequena como esta em meu nome recebe a mim, e quem me recebe não recebe apenas a mim, mas também ao Pai, que me enviou. (Mc 9.30-37). 

Quais são as lições que o texto nos ensina?


A primeira lição que aprendemos é que o caminho da grandeza acontece através do serviço. É notável que Jesus estava falando sobre o que lhe aconteceria, o seu sofrimento, sua morte e ressurreição e os discípulos não estavam entendendo o que o Senhor falava e mesmo assim, temiam interrogá-lo. Foi por esse motivo que o Senhor declarou: “Quem quiser ser o primeiro, que se torne o último e seja servo de todos”. Portanto, o discípulo deve viver para fazer o melhor ao outro. Sendo assim, “a vida espiritual apresenta-nos uma exigência muito mais radical: ser Cristos vivos aqui e agora, no tempo e na história”.


A segunda lição que o texto apresenta é que o caminho da grandeza acontece quando cuidamos e tratamos bem todas as pessoas. Jesus não está afirmando que seus discípulos imitem as qualidades das crianças, mas sim que todos sejam bem tratados, principalmente aqueles que não recebem nenhuma atenção.


Jesus mostra que o caminho da grandeza se faz quando nos abrimos para ir ao encontro dos outros e nos disponibilizamos a servi-los. Portanto, quem deseja ser grande deve estar disponível para cuidar e servir o seu próximo.


Por último, o texto apresenta que o caminho da grandeza acontece quando seguimos às orientações do Mestre. O Senhor Jesus orienta os seus discípulos, diz o que eles devem fazer para que possam ser grandes. Portanto, fica claro que para aquele que se afirma discípulo de Cristo deve, como declara o apóstolo Paulo, “ter o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus” (Fp 2.5).


O Senhor Jesus se esvaziou e se fez servo de todos. Portanto, devemos compreender que: “Como seguidores de Cristo, somos enviados ao mundo nus, vulneráveis e fracos, podendo assim alcançar os outros homens, nossos irmãos, na sua dor e agonia, e revelar-lhes ao poder do amor de Deus, transmitindo-lhes o poder do Espírito de Deus”.


#Jesus #ensinamentos

107 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Negue-se