top of page
Buscar

O discípulo


Cresci em um ambiente familiar marcado pela alegria, cercado pelos tios e primos, sempre com muitas brincadeiras e jogos. Cedo, aprendi a jogar dominó e, quando estava aprendendo a jogar sueca, meu pai explicava-me a lógica do jogo, ensinando-me quanto valia cada carta. Portanto, ele foi o meu mestre e como era maravilhoso aquele tempo, nossos momentos juntos, as muitas reuniões familiares que aconteciam e sempre marcadas com muita alegria. Aprendi com meu pai sobre Deus, sobre família, sobre a vida e também como valorizar as pessoas. Ele ensinou-me a investir em gente e a amar Jesus.

Jesus foi o Mestre dos mestres, um excelente professor que investiu na vida dos seus discípulos. Um dos relatos mais fascinantes sobre o ensino de Jesus encontra-se no evangelho de Mateus. Ora vejamos:


“Certo dia, quando Jesus viu que as multidões se ajuntavam, subiu a encosta do monte e ali sentou-se. Seus discípulos se reuniram ao redor, e ele começou a ensiná-los” (Mt 5.1-2).

Esses dois versículos são fundamentais para que possamos compreender o sermão do monte, eles deixam claro que Jesus estava falando para os seus discípulos, mas o que entendemos ser um discípulo? O que esses versículos nos ensinam sobre ser discípulo?


A primeira coisa que o texto ensina é que discípulo é aquele que aceita seguir o Mestre. Entretanto, para que alguém se torne discípulo, um aprendiz e seguidor, necessita ter escutado o chamado do Mestre. É analisando o contexto desse texto que percebemos que Jesus convocou algumas pessoas e elas decidiram segui-lo. Ou seja, o discípulo é alguém que ouviu o chamado e deixou tudo para trás e decidiu seguir o Mestre. Ele é um seguidor do Mestre e, por isso, caminha com ele, submetendo-se aos seus ensinamentos.


A segunda realidade que o texto nos mostra é que discípulo é aquele que aprende com o Mestre. Portanto, o discípulo é aquele que aceita ser orientado, ensinado, para que possa viver e ser como o seu Mestre. É uma pessoa em processo de formação que caminha com o líder, buscando assimilar tudo dele para que possa viver conforme os seus ensinamentos e reproduzir e representar os argumentos de seu Mestre.


Por último, o discípulo é aquele que tem intimidade com o seu Mestre. A intimidade se demonstra através da proximidade e o texto afirma que os discípulos se aproximaram de Jesus e sentaram-se aos seus pés. Notemos que quem não era discípulo ficou ao longe. O discípulo tem intimidade com o seu Mestre, o conhece e aprende aos seus pés.


O discípulo é um aprendiz. Eu tive o privilégio de aprender e muito com meu pai, junto à minha família. Entretanto, o melhor aprendizado, o melhor discipulado acontece aos pés de Jesus. Estás disposto a aprender com o Mestre?

77 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page