top of page
Buscar

O grande investimento



Dando seguimento às reflexões sobre as parábolas que Jesus contou durante o período em que esteve ensinar às pessoas, há uma em que ele afirma que: “O reino dos céus é também semelhante a um que negoceia e procura boas pérolas; e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra” (Mt 13.45-46). Esta é mais uma parábola comparativa que fala-nos no Reino de Deus, quando este é comparado a um comerciante que negoceia e procura boas pérolas.

Refletindo sobre essa breve parábola, quais são as lições nela contidas?

A primeira lição é que Deus sai à nossa procura. Isso é muito interessante e importante. O texto diz que o Reino é semelhante a um negociador que procura boas pérolas que ele saiu para negociar e procurar pelas pérolas valiosas.

Jesus deixou o seu Reino e veio à nossa procura. Ele saiu para vir nos buscar para junto de si. Em seu infinito amor, Cristo vem ao nosso encontro, busca-nos e assume toda a responsabilidade por nós.

Jesus deixou o seu Reino na glória, encarnou e pagou o preço por nossas vidas. Ele é o negociador que encontrou a pérola de grande valor e esta pérola somos nós.

A segunda lição mostra o nosso elevado valor, uma vez que na parábola notamos que o valor da pérola é tão elevado que o homem vende tudo o que tem para poder adquiri-la. O que está implícito aqui é que o valor da pérola é ainda muito maior, pois o negociante só investe uma grande quantia, nesse caso tudo o que tinha, se reconhecesse que o objeto negociado fosse ainda mais valoroso. Portanto, o valor que está a ser creditado a nós é elevadíssimo. Portanto, Jesus está afirmando que somos pessoas de muito valor e que o Reino de Deus é constituído de pessoas que foram encontradas e são valiosas para Deus. Elas contam muito para o Senhor e nesse caso, cabe aqui um questionamento, a saber, qual o valor que dás a ti mesmo?

Hoje a vida humana está a perder o valor. Contudo, quando refletimos sobre essa parábola, percebemos o quão importantes somos para o Senhor Jesus. Ele nos valoriza. Quando lemos essa parábola podemos compreender a declaração de Jesus a Nicodemos que diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16). O Senhor nos adquire para Si porque ama-nos. Ele deseja que tenhamos vida e a possamos desfrutá-la ao seu lado.

A terceira lição é que o Senhor compra-nos para Si. A parábola diz que o Reino é semelhante a um negociador que encontrou uma pérola de grande valor e ele foi vendeu tudo o que possuía e a comprou para si. O Senhor nos compra para Si, mas o que quer dizer isso? Ela nos ensina que a salvação não é uma iniciativa nossa, uma vez que não somos nós quem escolhemos o Senhor, mas é Ele quem nos escolhe. Não somos nós que o encontramos, mas é Ele quem vem ao nosso encontro. É o Senhor quem toma a iniciativa. Ele vem à nossa procura. Ele manifesta graça para conosco e paga o preço por nossas vidas. A salvação começa com Deus e termina com Ele.

É o Senhor que toma a decisão de nos salvar. O Senhor é quem morre na cruz para pagar o preço por nós. Ele faz tudo o que nos é impossível fazer e oferece-nos a salvação de modo gracioso.

Ele valoriza-nos de um modo extraordinário e abre-nos as portas do Reino. Jesus leva-nos para estar junto de Si. Deus é o agente da nossa salvação. Ele iniciou todo o processo e o culminou na morte e ressurreição do Senhor Jesus. O Senhor nos comprou para Si.

Podemos resumir todo o ensino dessa parábola na seguinte frase: Deus nos valoriza e veio ao nosso encontro, pagando o preço por nossas vidas. Portanto, saiba que você é alguém de grande valor.


#vidaespiritual #valor

69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page