Buscar

O Soberano



A sociedade está vivendo sob a égide da incerteza. Nossos dias estão sendo marcados pela instabilidade e, nesse momento, não temos segurança de nada. O aumento da taxa do desemprego assusta-nos, o comércio tenta sobreviver em meio à crise causada pelo Covid-19, sem falar na queda do poder aquisitivo das pessoas. Portanto, esse tempo é incerto, mas é nesse tempo que precisamos viver e manifestar segurança em nosso viver.

Nos dias do profeta Isaías, o povo de Israel viveu um momento de muita incerteza. É interessante ler o seguinte: “No ano em que morreu o rei Uzias, eu também vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo” (Is 6.1). É nesta declaração que desejo meditar, pois esse breve texto ensina-nos muito.

Quando leio esse versículo, aprendo que a nossa confiança deve estar em Deus e não nos homens. O texto diz que o rei morreu e por isso, o povo estava atravessando um momento de incerteza, havia instabilidade, tão somente porque estava depositando a sua esperança em um homem. Da mesma forma, nos dias atuais, há pessoas que depositam toda sua confiança em homens, depositam toda sua felicidade e estabilidade em suas relações com os outros.

Quantos pensam que sua segurança virá do sucesso ou esperam que no futuro os filhos garantirão o cuidado necessário. O rei morreu e o povo entrou em crise, mas Isaías disse que viu o Rei dos reis, Aquele que é eterno. Sendo assim, o que é dito é que nossa confiança deve estar ancorada em Deus e não no homem.

Uma segunda lição que aprendo com esse texto é que governos humanos são sempre passageiros, mas o Senhor reina soberanamente. O rei havia morrido, mas o profeta vê o Senhor num alto e sublime trono. O verdadeiro governante é Deus e é a Ele que devemos submissão, pois o Senhor é o soberano e cabe-nos obedece-lo. A nossa dependência não pode estar em coisas, pessoas ou até mesmo em nós próprios. Isaías declara que ele viu o Soberano e é ao Senhor que devemos submissão, pois Ele reina eternamente.

Isaías diz que devemos olhar para o Senhor e não para os homens. Os homens são finitos, mortais e se nossa confiança estiver depositada neles, iremos eclipsar quando da finitude deles. Precisamos ver o Senhor e olhar para Ele, pois é o único que pode dissipar a incerteza. Precisamos olhar para o Senhor como Aquele que pode trazer solução para os problemas existenciais. Olhar para o Senhor que nos garante segurança e é a nossa salvação.

Uma última lição que aprendo com o texto é que Deus preenche todos os espaços e reina em todos os lugares. O domínio do homem é limitado sua presença, está limitada geograficamente. Contudo, o Senhor preenche todos os espaços vazios, e as nossas vidas devem ser cheias da presença de Deus. E estar em Deus e com Deus é estar seguro e garantia de que jamais estaremos sós. É claro que teremos problemas, passaremos por momentos difíceis, mas o nosso Rei, o Soberano cuidará de nós e não nos abandonará. Que possamos permitir que o Senhor ocupe todo o nosso ser, que Ele encha a nossa vida com sua presença.

Há pessoas que depositam toda a sua confiança no dinheiro, há outros que confiam e tem como deus uma outra pessoa. Há aquelas que projetam toda a sua esperança em suas carreiras profissionais, mas tudo isso é passageiro. Devemos depositar a nossa confiança em Deus e vê-lo como o Rei de nossas vidas e, sendo assim, submetermo-nos a Ele e viver em segurança.


#covid #fé #vida #Deus

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Negue-se