Buscar

Terra da Fraternidade



Esta semana pensava sobre o que é a igreja. E enquanto refletia, lembrei-me do compositor Zeca Afonso. Fiquei pensando na vida deste cantor que marcou a história recente de Portugal. De uma maneira muito especial, recordei de sua canção "Grândola Vila Morena", que ficou conhecida como o hino da liberdade. Fez uma revolução no País. Duas frases me tocam profundamente nesta canção: "Terra da fraternidade" e "Em cada rosto igualdade". Este ateu, definiu bem o que deve ser a igreja do Senhor Jesus.


Afirmamos que a igreja é o povo e a família de Deus. Nos chamamos de irmãos e de fato somos. Portanto, devemos viver em fraternidade. Onde nos encontramos é a terra da fraternidade. Necessitamos viver em harmonia e amor. Expandir esta terra aos que vivem desesperadamente. É preciso ter compaixão dos que andam aflitos como ovelhas que não têm pastor (Mt 9.35-38). A terra da fraternidade não é fechada para um pequeno grupo. Ela tem as suas portas abertas a todos quanto aceitam a graça de Jesus.

A terra da fraternidade é também a terra da igualdade. Em Cristo Jesus somos um corpo (1 Cor 10.17). Na igreja não existe doutor, não existe engenheiro. Existem irmãos que foram salvos pela graça do Senhor Jesus. Existe um povo. Uma fraternidade que foi comprada por um alto preço: A vida do Senhor Jesus (1 Cor 6.20). Por isso, glorifiquemos a Deus. Vivamos em fraternidade e mostremos que somos iguais.

Uma canção revolucionou um país. Se vivermos mostrando a verdadeira fraternidade e igualdade, muitos desejarão fazer parte da nossa cidade. Se formos cristão verdadeiros, faremos uma revolução mundial.


Que seja assim e se faça assim!


#igreja

68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo